Liga paraibana esportiva

A Liga Paraibana Esportiva surgiu com o objetivo de preencher uma lacuna, vazia há anos, no esporte paraibano. Em 2016, Marcelo Nascimento, atual presidente da LPE, criou a primeira edição da Liga Paraibana de Voleibol. A competição contou com 14 equipes, sendo 6 femininas e 8 masculinas. Logo em seguida, no ano de 2017, surgiu a oportunidade de criar uma liga de basquete. Em parceria com a Federação Paraibana de Basquete, surgiu a primeira edição da Liga Paraibana de Basquete. No mesmo ano, foram disputadas a Liga de Voleibol e uma etapa da Liga Paraibana de Vôlei de Praia, nas areias da praia do Cabo Branco.
Com o calendário cheio, a Liga Paraibana logo passou a ser pauta de grandes veículos de comunicação em todo o Brasil. A organização do evento passou a ser considerada um modelo de qualidade, que impactou diretamente na visibilidade da competição atraindo diversos patrocinadores. Ainda em 2017, com o objetivo de organizar e profissionalizar ainda mais as ligas realizadas no estado, foi criada a Liga Paraibana Esportiva. Uma empresa, responsável pela gestão das competições com a marca Liga Paraibana.
Em 2018, já com o voleibol consolidado, fazendo parte oficial do calendário esportivo paraibano, surgiu a oportunidade, com a chancela da Federação Paraibana de Futsal, de criar a Liga Paraibana de Futsal.
O objetivo da LPE é manter o mesmo padrão de qualidade na gestão dos eventos realizados. Em todas as competições, a organização conta com equipes de marketing, fotografia e filmagem, assessoria de imprensa, segurança, auxiliares de limpeza e logística.
A meta para os próximos 5 anos, é se tornar referência nacional em gestão de eventos esportivos, implantando novas competições e capacitando novos profissionais com o objetivo de fazer